O partypoker LIVE MILLIONS América do Norte foi um sucesso. Realizado na última quinzena de abril no Playground Poker Club em Montreal, o torneio seguiu a tradição dos grandes eventos da série LIVE MILLIONS. E o Brasil foi muito bem representado pelo embaixador do partypoker João Simão.

O craque de Belo Horizonte chegou ao Canadá com a moral em alta. Simão, que é um dos cinco maiores premiados da história do poker brasileiro, se destacou no início do mês no conceituado partypoker MILLIONS Grand Final Barcelona, quando ficou com a sexta colocação no €50k Super High Roller #5 para conquistar US$ 196 mil — o campeão desse torneio, Sam Greenwood, ganhou US$ 1,2 milhão.

Continuando o ótimo momento, Simão foi bem no Super High Roller disputado em Montreal. 47 entradas foram registradas para o torneio, e os sete primeiros colocados dividiram a premiação garantida de C$1 milhão.

Apenas 15 competidores conseguiram passar para o segundo dia, e Simão ficou nesse top 15 — começou o dia com 2.385.000 fichas, sétimo maior do grupo. No entanto, ele não conseguiu chegar na mesa final quando ficou atrás do canadense John Krpan e terminou na nona colocação geral.

O field contava com renomados competidores. Além de Simão, estavam alguns bem conhecidos do poker internacional, como Chance Kornuth, Anthony Zinno, Toby Lewis e Viktor Blom (conhecido como “Isiludur1”) — sueco que venceu o Main Event do partypoker Millions Germany, disputado em fevereiro.

Quem ganhou o Super High Roller do partypoker LIVE MILLIONS América do Norte foi Christopher Kruk. O canadense, que começou o segundo dia com 2.065.000 fichas, ganhou o prêmio de C$375 mil.

Além do sucesso nos torneios paralelos, o partypoker LIVE MILLIONS América do Norte rendeu premiação milionária no Main Event. O americano Taylor Black foi o grande campeão e levou para casa C$1,4 milhão. A premiação milionária se estendeu para o resto do pódio. Daryll Fish, segundo, ficou com C$1,2 milhão, seguido por Anthony Ruberto que embolsou C$1 milhão.

A participação de destaque de Simão no partypoker LIVE MILLIONS América do Norte foi além. O brasileiro esteve nas mesas do Big Game, que fez parte do high stakes. Simão não praticava o cash game há três anos, mas a falta de prática não impediu o belo-horizontino de conquistar um ótimo resultado contra grandes adversários.

Simão teve que enfrentar competição de alto nível, incluindo a canadense Kristen Bicknell, embaixadora do partypoker. O brasileiro conseguiu premiação de US$ 75 mil após ter entrado com stack de US$ 50 mil.

Simão também disputou o Main Event, mas não se classificou para a mesa final e, portanto, não conseguiu o mesmo sucesso que teve no Super High Roller e no cash game.

Com a participação no partypoker LIVE MILLIONS América do Norte, Simão agora acumula cerca de US$ 1 milhão em premiação nos torneios live só em 2018. Renomado em competições internacionais, ele obteve tamanho retorno atuando em competições na Espanha, República Tcheca, Canadá e outros países.

Apesar do sucesso nos torneios live, Simão segue como uma referência quando o assunto é poker online e isso continua sendo o maior motivo de orgulho na carreira dele. “Eu sempre me concentro em ser consistente, mas (meu maior destaque) aconteceu quando atingi o número 1 em todo o mundo para torneios online”, afirma o embaixador mineiro.

Em grande fase na temporada, em maio Simão terá a chance de brilhar mais uma vez. O brasileiro disputará o Super High Roller POWEFEST do partypoker, um evento exclusivo que também contará com a participação de Sam Trickett, outro embaixador do partypoker. O SRH de maior premiação será disputado no dia 17, com US$5 milhões assegurados.

Compartilhe.

Comentários estão fechados.